Imprensa

Receba nossa Newsletter



Volume de animais abatidos no Mato Grosso do Sul tem queda de 7,95% no primeiro bimestre de 2021

19/03/2021 - Volume de animais abatidos no Mato Grosso do Sul tem queda de 7,95% no primeiro bimestre de 2021

 O volume de animais produzidos no estado do Mato Grosso do Sul registrou uma queda de 7,95% no primeiro bimestre deste ano em relação ao igual período de 2020, conforme reportou o relatório de movimentação de bovinos da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO).

Do total de animais produzidos neste período, 245,3 mil foram vacas, o que representou um recuo de 22,75% em relação ao ano anterior e a participação foi 16,08% menor, equivalente a 44,47% do total de animais abatidos contra os 52,99% que representou no primeiro bimestre de 2020.

Na primeira quinzena de março, os preços para o boi gordo ficaram na média de R$ 286,67/@ e a vaca seguiu cotada a R$ 271,04/@. De acordo com a Federação da Agricultura e Pecuária do Mato Grosso do Sul (Famasul), as referências tiveram uma valorização de 2,53% no preço da arroba do boi e alta de 3,09% na arroba da vaca quando comparados ao dia 01/03.

O volume de animais produzidos no estado do Mato Grosso do Sul registrou uma queda de 7,95% no primeiro bimestre deste ano em relação ao igual período de 2020, conforme reportou o relatório de movimentação de bovinos da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO).

Do total de animais produzidos neste período, 245,3 mil foram vacas, o que representou um recuo de 22,75% em relação ao ano anterior e a participação foi 16,08% menor, equivalente a 44,47% do total de animais abatidos contra os 52,99% que representou no primeiro bimestre de 2020.

Na primeira quinzena de março, os preços para o boi gordo ficaram na média de R$ 286,67/@ e a vaca seguiu cotada a R$ 271,04/@. De acordo com a Federação da Agricultura e Pecuária do Mato Grosso do Sul (Famasul), as referências tiveram uma valorização de 2,53% no preço da arroba do boi e alta de 3,09% na arroba da vaca quando comparados ao dia 01/03.

“O cenário de oferta de animais terminados não melhorou, segue direcionando e garantindo sustentação para os preços da arroba. No comparativo com 2020 os preços estão mais valorizados. Alta de 52,65% no valor da arroba do boi e valorização de 58,04% no preço da arroba da vaca”, informou.

A rentabilidade dos pecuaristas registrou queda de 10,75% em fevereiro de 2021 frente ao mesmo período do ano passado. “A relação de troca média entre boi gordo e bezerro, encerrou fevereiro de 2021 igual a 1 boi gordo para 1,66 unidade de bezerros. Nos primeiros dez dias de março de 2021 observa-se recuperação e em 10/01 foi igual a “1 boi gordo para 1,68 unidade de bezerros, alta de 0,60% em relação ao dia 01/03”, informou a Federação.

Fonte: Notícias Agrícolas adaptação IHS Markit

Compartilhe:

Índice

Consultoria
Projetos que englobam aspectos socioeconômicos, mercadológicos, técnicos e comerciais da atividade agropecuária.
Business Intelligence
Estudos de pesquisas de mercado, análises setoriais e competitivas.
Palestras
Confira as últimas apresentações dos analistas da Informa Economics FNP sobre as diversas áreas e segmentos do agronegócio.
Publicações
Anuários, boletins e relatórios em português e inglês.
Quem Somos | Pecuária | Grãos | Açúcar/Etanol | Terras | Insumos | Anualpec | Agrianual | Imprensa | Consultoria | Business Intelligence | Palestras | Publicações
IEG FNP | Agribusiness Intelligence
Avenida Paulista, 726 – 17º andar – Bela Vista, São Paulo – SP - 01310-100
Tel.: + 55 11 4504-1414
e-mail: DL-Agribusiness-fnp@ihsmarkit.com
Copyright © 2020 IHS Markit. All Rights Reserved